África do Sul em 10 dias | ÁFRICA DO SUL

África do Sul! Um país de contrastes e com uma história que não se pode evitar, é também um país onde a natureza está no seu estado mais puro! Da cosmopolita Cidade do Cabo, ao Parque Nacional Kruger, passando pelo “nosso” Cabo da Boa Esperança, e da ponta mais a sul de todo um continente, esta é uma viagem que surpreende bastante e que deixa uma certeza de uma dia ter de lá voltar!

Créditos do vídeo

Conteúdo:
  • Nº fotografias tiradas – 1242
  • Nº clips de vídeo – 574
  • Total de dados – 13,9 GB
Equipamento:
  • Sony RX-100
Software de edição:
  • Final Cut Pro X
Audio:
  • Kanda Bongo Man – Sana
  • Ana Paulino – Ciclo Sem Fim

Trajecto

O percurso desta viagem resume-se a duas regiões da África do Sul: Cape Town e toda a zona do Western Cape (desde o Cabo da Boa Esperança até ao Cabo Agulhas), bem como a zona do Parque Nacional Kruger. Começando a viagem em Joanesburgo (mas saltando a visita à cidade), faz-se as viagens mais longas de avião, mas só mesmo com o carro é possível ficar a conhecer melhor o país. 

Segue em baixo, a sugestão de roteiro para uma viagem à África do Sul ao longo de 10 dias (ilustrada no mapa na figura acima).

Dia 1: Joanesburgo – Cidade do Cabo

Voo entre Joanesburgo e a Cidade do Cabo ao inicio da tarde. Chegar ao hostel em Cape Town ao fim da tarde. Passeio e jantar pela V&A Waterfront.

Dia 2: Cidade do Cabo

Acordar cedo, sair do hostel por volta das 8 da manhã, e seguir para a Lion’s Head via transportes. Pelo caminho comprar mantimentos para o dia, especialmente água. Fazer a caminhada até ao topo da Lion’s Head durante a manhã (1 hora para subir e outra para descer, em passo tranquilo com tempo para fotos). Ao final da manhã estar na base da Lion’s Head para fazer o percurso até à base do teleférico para o topo da Table Mountain (existe um autocarro grátis que faz este percurso). Escolher uma das duas opções: ou subir via teleférico (muito mais tranquilo), ou subir via trilho (muito mais cansativo). Ficar no topo até ao por do sol. Descer de teleférico e apanhar um Uber/taxi para o hostel.

Dia 3: Cidade do Cabo (Hout Bay)

Ao inicio da manhã apanhar o autocarro para Hout Bay. Passear pela praia e ir de barco ver as focas no mar. Almoçar o tradicional peixe frito junto à praia. A meio da tarde regressar de autocarro para Sea Point e percorrer o paredão até ao final da tarde e/ou por do sol. Terminar o dia no V&A Waterfront.

Dia 4: Cidade do Cabo (Boulder’s Beach, Cabo da Boa Esperança)

Alugar um carro de manhã e seguir junto à costa até Hout Bay. Continuar pela Chapmans Peak Road (apreciando a vista), até Simon’s Town e à Boulder’s Beach para ver os pinguins na praia. Ao início da tarde seguir para o Cabo da Boa Esperança e ficar por aqui até ao final do dia, explorando o parque (atenção às horas de fecho do mesmo). Conduzir de regresso à Cidade do Cabo.

Dia 5: Cidade do Cabo – Hermanus – Agulhas

Check-out do hostel de manhã e seguir para Hermanus (3 horas a conduzir desde Cape Town a Hermanus). Ver as baleias junto à costa e almoçar. Continuar a viagem de carro ao início da tarde, passando por Gansbaai (zona de eleição para mergulhar com tubarões brancos), chegando ao Cabo Agulhas a meio da tarde (2 horas de viagem entre Gansbaai e o cabo). Visitar o parque natural com o mesmo nome, onde se encontra o ponto mais a sul do continente africano. Jantar na zona do porto de pesca de Struisbaai.

Dia 6: Agulhas – Cidade do Cabo

Visitar o Parque Natural de manhã mais uma vez, bem como toda a zona envolvente. Fazer o caminho de regresso em direcção a Cape Town, com uma paragem durante o inicio da tarde em Muizenberg para ver a zona costeira bem como as famosas casas coloridas na praia. Seguir para Cape Town. Ainda de carro e durante a tarde, visitar Signal Hill, para uma fantástica vista sobre a cidade e a Table Mountain. Visitar o bairro de Bo Kaap e entregar o carro alugado. Passar as ultimas horas do dia no V&A Waterfront mais uma vez.

Dia 7: Cidade do Cabo – Kruger Park (Pretoriuskorp)

Sair de manhã para o aeroporto, e apanhar o voo para o Kruger Mpumalanga International Airport. Aterrar ao inicio da tarde, alugar um carro e conduzir até à Numbi Gate e posteriormente até ao Pretoriuskorp Rest Camp (viagem de carro dura cerca de hora e meia). Fazer o check-in no Camp e sair para explorar a savana à volta durante a tarde. Fazer um Safari à noite (previamente marcado).

Dia 8: Kruger Park (Skukuza)

Fazer um safari ao nascer do sol (previamente marcado com o parque). Durante a manhã explorar a zona entre Pretoriuskorp e Skukuza. À tarde subir até ao Tshokwane Picnic Site e regressar a Skukuza para um Sunset Safari.

Dia 9: Kruger Park – Nelspruit

Acordar cedo para mais um Sunrise Safari. Ao final da manhã fazer o check-out do campo de Skukuza e começar a descer junto ao rio Sabie até ao campo com o mesmo nome (explorando sempre as estradas secundárias). Ao final do dia sair do parque pelo portão Crocodile Bridge e seguir até Nelspruit (cerca de 2 horas de viagem), para passar a noite.

Dia 10: Nelspruit – Joanesburgo

Ir entregar o carro alugado em Nelspruit, e apanhar um autocarro para o Aeroporto de Joanesburgo (5 horas de viagem) para o regresso a casa.

Custo da viagem e preços

Esta viagem de 10 dias, incluindo os voos ida e volta Lisboa – Joanesburgo, ida Joanesburgo – Cape Town, Cape Town – Kruger, e o aluguer do carro em Cape Town e no Kruger, custou-me no total 1 550 €. Discriminando este valor por categorias, foi aproximadamente de:

  • Voos: 52% (810 €)
  • Transportes (incluindo o aluguer do carro): 20% (310 €)
  • Cultura: 8% (130 €)
  • Alimentação: 4% (65 €)
  • Alojamento: 13% (200 €)
  • Souvenirs: 3% (35 €) 

Também para se ter uma noção do que se gasta na África do Sul, partilho em baixo os preços de alguns itens essenciais (alimentação, transportes, sítios que visitei, etc.).

África do Sul

  Preço
Jantar num restaurante em Cape Town 150 ZAR  (9,50 €)
Teleférico Table Mountain (ida) 150 ZAR (9,50 €)
Autocarro (CityBug) Nelspruit – Aeroporto de Joanesburgo  396 ZAR (25,20 €)
Aluguer de carro no Kruger (3 dias) 1727 ZAR (110,20 €)
Viagem de barco para ver focas em Hout Bay 90 ZAR (5,70 €)
Bilhete para reserva de pinguins na Boulder’s Beach 74 ZAR (4,70 €)
Entrada na reserva do Cabo da Boa Esperança 147 ZAR (9,30 €)
Passe diário para o Kruger Park 330 ZAR (21,00 €)
Safari ao nascer/pôr do sol no Kruger Park (Pretoriuskorp ou Skukuza) 303 ZAR (19,30 €)

Alojamento

O alojamento na África do Sul não é muito barato, com o preço por noite a ficar sempre acima dos 10€/noite, mesmo em camaratas nos hostels. Já no Kruger Park, como a procura é muito maior que a oferta, os preços ainda sobem mais mesmo para as opções mais económicas (tendas militares), onde é imperativo marcar com mais de um par de meses de antecedência se se quiser ter acesso a estes preços.

Nota: os preços apresentados são por cama para uma pessoa em dormitório (excepto quando mencionado).

Hostel Cidade Preço/noite Notas
Big Blue Backpackers Cape Town 12 € Dos melhores hostels (se não mesmo o melhor) da Cidade do Cabo. Excelentes condições, muito bem localizado (perto da V&A Waterfront e com paragem de autocarro mesmo em frente) e staff muito simpático e prestável. Camaratas boas, com cacifos individuais. Pequeno almoço simples mas bom (café, tostas, leite, cereais). Recomendo vivamente!
Green Elephant Backpackers Cape Town 12 € Hostel um pouco mais longe do centro turístico da cidade. Boas condições mas peca por estar longe e não estar perto de transportes (e perde face ao Big Blue Backpackers).
Cape Agulhas Backpackers Struisbaai 13 € Provavelmente o hostel mais a sul do continente africana, na vila de Struisbaai junto ao Cabo Agulhas. Hostel muito bom, com staff super simpático e muito boas instalações. Camarata de 4 beliches confortável e limpa. Recomendo!
Pretoriuskorp Rest Camp Pretoriuskorp (Kruger)  80 €* O primeiro camping dentro do Kruger quando se vem de Nelspruit/Hazyview. Por tudo o resto estar ocupado tive de ficar alojado num bungalow. Mais caro, mas com excelentes condições. Cama de casal, casa de banho privada, varanda com kitchenette.
Skukuza Rest Camp Skukuza (Kruger)  38 €** Maior camping do Kruger. Tem supermercado, restaurante, bomba de gasolina, e muito mais. Fiquei alojado numa tenda do parque (tipo tenda militar). No seu interior estavam duas camas individuais, um frigorífico, e uma ventoinha, e na rua estavam duas cadeiras e uma mesa. Casa de banho é na partilhada do parque (tipo parque de campismo normal).
Old Vic Travellers Inn Nelspruit 12 € Hostel na periferia de Nelspruit. Serviu apenas para passar a noite antes de seguir para Joanesburgo no dia seguinte. Zona de convívio grande. Staff não muito simpático. Beliche confortável numa camarata.

* valor para um Bungalow (tipo BD2M).

** valor para uma Safari Tent (tipo CTT2).

Posts úteis

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *