Tróia Casablanca Bike Trip 2013 – Etapa 17: Kenitra / Temara | MARROCOS

Penúltimo dia da viagem, com direito a passagem na capital de Marrocos, Rabat, com um encontro de primeiro grau com a policia marroquina, e com a estadia no pior parque de campismo em que já estive na vida. Foi um dia em cheio que nos levou cada vez mais perto da meta!

Percurso

Sair de Kenitra é simples e rápido, com as indicações para a Nacional 1 a serem claras. Existe algum trânsito por ser um dos eixos principais que liga a cidade à capital Rabat. O próximo destino é Salé, nas imediações da capital. Até lá, são cerca de 30km de estrada com pouco para contar, onde, à medida que se vai pedalando para sul, começa-se a notar o aumento da azáfama, tanto no número de carros como no de pessoas.

A entrada em Rabat é tranquila. Depois de atravessar a ponte que a separa de Salé (atenção ao elétrico), percorre-se a parte de fora da medina da cidade até à praça Bab el Had, zona central com alguns restaurantes por onde comer (os sumos de banana são uma constante, frescos e ideias para precaver uma ou outra cãibra que possa aparecer resultante da pedalada).

Há mais policia à vista nas ruas de Rabat, e sendo que não é muito comum ver estrangeiros a andar de bicicleta pelo país, somos alvos fáceis. Para não acontecer o que nos aconteceu (ser parado por um policia à paisana, que depois de muita conversa e nos convencer que era realmente um policia, nos tirou os passaportes das mãos e disse “agora vamos ali ao carro ter com o meu chefe”), o truque é não levar placas de cartão presas na parte de trás da bicicleta a fazer propaganda a páginas no Facebook como nós! A bandeirinha de Portugal é suficiente.

Depois de Rabat, Temara é o destino, ultimo do dia. A estrada de alcatrão em boas condições segue sempre junto ao mar. O transito é intenso mas existe um passeio bom para pedalar, e os míticos e tão exóticos sinais de STOP em árabe bons para uma sessão de fotos!

Para encontrar o parque de campismo basta continuar sempre na mesma estrada junto ao mar até se chegar à Praia de Temara. O camping (se é que se lhe pode chamar isso) fica nas redondezas. 

  • Distância total: 63,8 km
  • Elevação máxima: 57 m
  • Elevação minima: 1 m
  • Subida acumulada: 580 m
  • Duração: 8h : 22m : 42s

Alojamento

Este foi o pior parque de campismo, se é que se podia chamar disso, em que tivemos durante toda a viagem. Digo mais, foi o pior parque de campismo em que estive em toda a minha vida. Fomos claramente roubados pelo tipo que estava a gerir o parque (8€ por um lugar num descampado), as “casas de banho” que existiam não funcionavam, e havia uma sucata logo ao lado das nossas tendas onde carros velhos estavam a apodrecer. No entanto, era o único parque de campismo nas redondezas e tivemos de nos subjugar às condições (se soubesse o que sei hoje tínhamos feito campismo selvagem). Não recomendo.

Link: https://www.google.pt/maps/place/Camping+Palmie/@33.9302746,-6.9566853,17z

Gastos do dia

O Camping de Kenitra foi super barato (tirando as estadias que não pagámos, esta foi a mais barata de toda a viagem!) e em contra partida o de Temara foi o mais caro (se é que aquilo onde estivemos se pode chamar um parque de campismo). Almoço numa tasca de Rabat que tinha uns batidos de banana que eram qualquer coisa do outro mundo, mais um gelado e chá logo depois para saciar o desejo. Ao final do dia, já depois de ter tudo montado no Camping de Temara, um shoarma numa feira local à beira da praia.

Preço
Camping Kenitra 1,80 €
Almoço de paninis em Rabat 2,70 €
Gelado e chá em Rabat 1,20 €
Camping Temara 8,20 €
Shoarma em Temara 2,50 €

Total: 16,30 €

Restantes etapas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *