Tróia Casablanca Bike Trip 2013 – Etapa 14: Asilah / Moulay Bousselham | MARROCOS

Continuando para sul, depois de Asilah, as caras vão sendo cada vez mais de marroquinos e cada vez menos de turistas. Se Asilah era ponto de paragem de turistas europeus, em Moulay Bousselham a grande massa turística é local, dando-nos a oportunidade de ver como se faz férias em Marrocos. Com uma baía, praia, e dunas como aquelas, não é difícil perceber o porquê de tanta gente vir para aqui!

Percurso

Saída de Asilah de manhã, não sem tomar um dos melhores pequenos almoços desta viagem numa pastelaria que encontrámos à saída da cidade: sumos de laranja feitos na hora, e crepes com chocolate vendidos numa banca de rua! Delicia e um boost enorme para as reservas de energia!

À medida que se continua para sul, o calor começa a ficar mais forte, e basta desviar um pouco da costa (como nos aconteceu neste dia) que se nota logo o aumento da temperatura. Não é nada que impossibilite a viagem mas torna-a mais difícil.

Primeiro objectivo do dia era chegar até Larache, a tempo de fazer uma paragem para almoçar. O percurso até lá é feito maioritariamente em estrada, com uma subida a meio caminho que, para além de ser muito mais inclinada do que aquilo a que estávamos habituados nos últimos dias, era também longe da costa, fazendo com que as temperaturas e o sol intenso a meio da manhã não ajudassem muito.

Há uma descida grande antes de chegar à ponte que leva à entrada de Larache, que ajuda bastante a descansar as pernas. Já na cidade, existe uma zona boa com restaurantes e mercados logo à entrada da mesma. E há café! Soube bem ter um almoço “normal” para variar das sandes e bolachas comidas a meio do percurso!

O caminho entre Larache e Moulay Bousselham é super tranquilo. Há um troço inicial que se faz na nacional N1 que tem alguma movimentação mas após virar numa pequena estrada à esquerda uns 10km depois de sair da cidade, todo o resto do caminho é feito praticamente sem ver carros, numa estrada de alcatrão sempre a direito. Atravessa-se campos cultivados e uma ou outra casa de agricultores, nada mais. É excelente para recarregar baterias e preparar para a azáfama de Moulay Bousselham.

Moulay Bousselham é uma cidade tranquila. Ponto turístico de marroquinos, tem uma baía lindíssima com dunas do outro lado do rio que desagua na cidade. Tem dois parques de campismo que acolhem quem chega, tem mercados, e tem restaurantes. Excelente para um dia de descanso!

  • Distância total: 98,4 km
  • Elevação máxima: 203 m
  • Elevação mínima: 3 m
  • Subida acumulada: 924 m
  • Duração: 10h : 14m : 35s

Alojamento

Em Moulay Bousselham ficámos no Camping Internacional, e fomos mais que bem recebidos! Funcionários simpáticos, que falavam inglês, ajudaram-nos tanto quando chegámos como quando partimos em direcção em Kenitra. O parque é grande e fica perto da beira mar, junto à baía da cidade e muito perto do centro (walking distance). O seu único calcanhar de aquiles são as casa de banho, que têm os chuveiros com água salgada.

Link: https://www.campercontact.com/en/marokko/marokko/moulay-bousselham/18938/camping-international

Gastos do dia

Antes de sairmos de Asilah encontrámos um pequeno café onde serviam uns deliciosos sumos de laranja, e, para juntar à festa, em frente do mesmo havia um senhor numa banca de rua a fazer crepes recheados de mel ou chocolate. Claro que nos deliciamos ao pequeno almoço. A meio caminho entre Asilah e Moulay Bousselham fica Larache, paragem ideal para almoçar, com o ultimo gasto a ser feito só ao jantar já nos destino, com uns shawarmas deliciosos feitos em baguetes na hora.

Preço
Sumo de laranja e 3 crepes 2,90 €
Água x2 1,90 €
Almoço de solha grelhada em Larache 9,80 €
Jantar de shawarma em Moulay Bousselham 3,70 €

Total: 18,40 €

Restantes etapas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *