Os melhores lassis de Varanasi (e talvez quem saiba, de toda a Índia) | ÍNDIA

Quando folheava as páginas do Lonely Planet à procura do que fazer enquanto estive em Varanasi, dei de caras com com o título “NO1 LASSI IN ALL VARANASI”. Sendo eu fã de lassis (bebida à base de fruta, iogurte e leite para quem não sabe), e visto não haver uma refeição indiana que faça em casa que não seja acompanhada de um, fiquei curioso e decidi ir investigar. Depois de muito serpentear por entre as ruelas e becos do caos que é a zona ribeirinha da cidade, lá encontrei a loja: Blue Lassi. Dois metros de largura por cinco de comprimento, com uma pequena mesa no meio, dois sofás à volta da mesma e uma panóplia de pequenos bancos, leva no máximo umas dez, talvez quinze pessoas lá dentro. As paredes preenchidas com fotografias de lugares e pessoas que por lá deixaram as suas, e a luz a meio gás, tornam o sítio um tanto ou quanto peculiar.

Quando cheguei, só lá estávamos eu e mais um casal. No entanto, num ápice – e provavelmente muito por culpa do highlight no livro – ficou cheio. Pedi um lassi, das muitas opções que o menu me dava: que venha o de banana e côco!

E então não é que não era só publicidade enganosa? O lassi estava mesmo divinal! Tudo é preparado à nossa frente, com os ingredientes a serem batidos e misturados num recipiente de metal pelo lassi master que se encontra no parapeito da janela da loja virado para a rua. Servido num pote de barro, a bebida vem acompanhada de uma colher de madeira e está pronta a ser devorada! É mesmo delicioso! Não fosse Varanasi a cidade que é, diria que só por isto já vale a pena lá ir!

Localização

Para dar com a loja a maneira mais fácil é começar no Dashaswamedh Ghat (ghat principal). Sobe-se as escadas em direcção à rua principal e ao jardim. No cimo das escadas, de costas viradas para o rio, vira-se numa pequena ruela à direita. Procurar pelo sinal a indicar o Blue Lassi pintado na parede. No início dessa ruela existe o Shree Café (uma excelente escolha para comida vegetariana) que também ajuda a identificar.

Dica

Quem for tente ficar sentado na mesa junto ao parapeito da janela. É minúscula e dá apenas para três lugares. Mas desfrutar de um lassi enquanto se vê passar uma procissão que carrega um morto para os crematórios junto ao Ganges é daquelas experiências que só se tem na Índia. A loja fica numa rua de caminho entre um templo e o rio. É comum ver-se estas procissões de 10, 20 homens. Uns carregam em ombros a maca de bambu com um corpo em cima tapado por lençóis e flores, outros cantam. Na meia hora em que lá estive vi, pelo menos, três.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *