Colômbia em 19 dias | COLÔMBIA

Bem vindos à Colômbia! País muito mais conhecido devido à sua negra história, a Colômbia é no entanto hoje em dia um país completamente diferente dessa realidade. Com uma oferta muito variada de opções turísticas, desde as metrópoles como Bogotá e Medellín às florestas densas do Parque Tayrona, passando pela história colonial em Cartagena das Índias, fica difícil escolher o que fazer. Para ajudar fica aqui um roteiro de 19 dias no país, ideal para se ficar a conhecer esta pérola das Américas!

Créditos do vídeo

Conteúdo:
  • Nº fotografias tiradas – 2322
  • Nº clips de vídeo – 856
  • Total de dados – 24,0 GB
Equipamento:
  • Sony RX-100
Software de edição:
  • Final Cut Pro X
Áudio:
  • Oriol Rangel – Lo Que El Viento Se Llevó
  • Bomba Estéreo – To My Love

Trajecto

Percurso circular que começa em Bogotá e depois segue para Zona Cafetera e as plantações de café de Salento. Daqui vira-se para norte para Medellín, fica-se uns dias na cidade e faz-se uma day-trip até Guatapé, e depois voa-se para Cartagena das Índias. Alguns dias de descanso e praia no mar caribenho, para depois seguir-se para Santa Marta e para o Parque Nacional Tayrona. Depois de uns dias na selva regressa-se a Santa Marta para apanhar mais um voo interno para a capital. Pequena escapadela a Villa de Leyva durante a estadia em Bogotá, regressando a casa no final a partir daqui.

Segue em baixo, a sugestão de roteiro para uma viagem de 19 dias na Colômbia (ilustrada em mapa na figura acima).

Dia 1: Bogotá

Voo durante o dia até Bogotá. Chegar ao hostel e descansar (ou visitar as redondezas se ainda houver tempo antes de anoitecer).

Dia 2: Bogotá

Explorar a capital. Visitar o bairro histórico de La Candelaria. Descer até à Plaza Bolivar, fazer toda a a Carrera 7 a pé bem como as ruelas perpendiculares. Almoçar na cantina Luna Nueva para os pratos tradicionais colombianos. Ver a vida a passar na cidade durante a tarde nas redondezas. Ao final do dia apanhar um autocarro/uber para o Terminal de Autocarros de Salitre para depois apanhar uma autocarro nocturno para Armenia (Salento).

Dia 3: Salento

De madrugada apanhar um autocarro local desde Armenia até Salento. Deixar as malas no hostel, comprar umas sandes e seguir de taxi-jipe para o Vale de Cocora. Percorrer todo o vale durante o final da manhã e a tarde. À noite passear na vila de Salento.

Dia 4: Salento

Fazer uma caminhada nas redondezas de Salento e visitar uma finca de produção de café (fomos à Finca Arzacia, que produzia café biológico, recomendamos). Visitar as cascatas perto de Boquia durante a tarde, e apanhar um mini-bus de regresso a Salento ao início da noite. 

Dia 5: Salento – Medellin

De manhã apanhar um autocarro para Medellín. Almoçar pelo caminho. Chegar à cidade ao final do dia.

Dia 6: Medellin

De manhã visitar a Comuna 13 (fazer uma Free Walking Tour que começa junto à estação de metro de San Javier). Passar a manhã a visitar o bairro. À tarde descer para o centro e ficar o resto do dia nesta zona.

Dia 7: Medellin

Apanhar o metro de manhã até Acevedo para aí apanhar o teleférico até ao topo da encosta e seguir para o Parque Arvi. Ao inicio da tarde regressar ao centro e fazer outra Free Walking Tour, desta vez focada na baixa da cidade. Ao final da tarde descansar no Salón Malaga.

Dia 8: Medellin – Guatapé – Medellin

Ir de metro até ao Terminal del Norte e aqui apanhar um autocarro para Guatapé. Perto do final da viagem de autocarro, e antes de chegar à vila, sair do autocarro e visitar a Piedra del Peñol durante a manhã. Apanhar um tuk-tuk ou taxi desde a Piedra até Guatapé. Visitar a colorida vila durante a tarde. Ao final da tarde regressar de autocarro a Medellín.

Dia 9: Medellin – Cartagena das Índias

De manhã visitar o Museu de Antioquia no centro de Medellín, bem como o Palacio de la Cultura do outro lado da Plaza Bolivar. Visitar o Parque Berrio, almoçar e comprar souvenirs nas redondezas e seguir novamente para o Terminal del Norte para apanhar um autocarro para o aeroporto de Medellín. Voar até Cartagena das Índias ao final da tarde e seguir para o hostel depois de aterrar na cidade caribenha.

Dia 10: Cartagena das Índias

Visitar a cidade amuralhada durante todo o dia, percorrendo todas as ruelas e absorvendo todo o ambiente. Almoçar ceviche no Laguna Azul. Visitar o Museo do Ouro durante a tarde. Observar a vida noturna durante a noite dentro das muralhas.

Dia 11: Cartagena das Índias

Continuar a explorar a cidade, desta vez com foco em Getsemaní. Visitar as praias de Bocagrande (usando os transportes públicos da cidade para lá chegar). Ver o pôr do sol num bar na praia.

Dia 12: Cartagena das Índias

Visitar o castelo de San Filipe de Barajas durante a manhã. Almoçar ceviche no La Cevicheria. Passear pela cidade.

Dia 13: Cartagena das Índias – Santa Marta

Sair de manhã para o terminal de autocarros para viajar até Santa Marta. Chegada a meio da tarde a Santa Marta. Deixar as mochilas no hostel e seguir para a zona junto ao mar e passear por aqui até o dia terminar. Passear pela zona do Parque de los Novios ao final do dia.

Dia 14: Santa Marta – Parque Nacional Tayrona

Sair de manhã em direcção do Parque Nacional Tayrona de autocarro (deixando as mochilas grandes no hostel). Chegar à entrada do parque ao final da manhã. Comprar bilhetes e entrar no parque. Fazer o percurso até Arrecifes (cerca de 1:30h a andar tranquilamente) e reservar uma tenda no parque de campismo local. Ao início da tarde continuar a caminhada pela costa (dando um mergulho ou outro na Playa de la Piscina) e seguir até ao Cabo de San Juan. Lanchar no bar da praia, visitar o miradouro com as camas de rede e regressar para Arrecifes, ainda com tempo para mais um mergulho na Piscina. Jantar no restaurante do parque de campismo.

Dia 15: Parque Nacional Tayrona – Santa Marta – Bogotá

De manhã ir à La Piscina dar mais um mergulho e ao final da manhã fazer a caminhada de volta à entrada do parque. Apanhar um autocarro de regresso a Santa Marta, regressar ao hostel para levantar as malas, e seguir para o aeroporto ao final da tarde para o voo de regresso a Bogotá. Na capital apanhar um taxi para o hostel (ou ir de transportes públicos se ainda estiverem operacionais).

Dia 16: Bogotá

Subir ao topo do Monserrate de funicular durante a manhã. À tarde percorrer as ruelas do bairro histórico e visitar o Museu do Ouro (é fantástico!). Jantar nas redondezas.

Dia 17: Bogotá – Villa de Leyva

De manhã ir de autocarro para o Terminal Norte de Bogotá para apanhar um autocarro até Villa de Leyva. Chegar à vila ao início da tarde. Passear pela vila durante o resto do dia/noite.

Dia 18: Villa de Leyva – Bogotá

De manhã ir ao mercado local, ver o que se vende, e provar uma iguarias. Passear pela cidade até ao início da tarde, para depois apanhar um autocarro de regresso a Bogotá.

Dia 19: Bogotá

Último dia da viagem, ainda com tempo para visitar o Museu Botero na Candelaria, comer uma última arepa, e comprar os souvenirs que faltam. Com tudo despachado falta por fim apanhar o autocarro para o aeroporto para o voo de regresso a casa.

Custo da viagem e preços

Esta viagem de 19 dias, custou-me no total 1 300 €. Discriminando este valor por categorias, concluí que o gasto por categoria foi:

  • Voos: 50% (645 €)
  • Transportes: 11% (145 €)
  • Cultura: 5% (70 €)
  • Alimentação: 14% (185 €)
  • Alojamento: 8% (110 €)
  • Souvenirs: 3% (40 €)
  • Medicina: 8% (100 €)
  • Outros: 1% (10 €)

Também para se ter uma noção do que se gasta, partilho em baixo os preços de alguns itens essenciais (alimentação, transportes, sítios que visitámos, etc.) praticados na Colômbia.

Colômbia

  Preço
Água (1,5 L) 3500 COP (1,0 €)
Almojabanas (2x) 3000 COP (0,85 €)
Oblea em Bogotá 3000 COP (0,85 €)
Jantar para 2 pessoas em Salento   35000 COP (10,0 €)
Bandeja paisa em Salento 8000 COP (2,3 €)
Ceviche em Cartagena 25000 COP (7,1 €)
Arepa com queijo 2000 COP (0,60 €)
Entrada no vale de Cocora 2000 COP (0,60 €)
Visita a uma finca de café biológico (Finca Arzacia) em Salento 12000 COP (3,2 €)
Free Walking Tour em Medellín (valor tipico) 30000 COP (8,5 €)
Subida à Piedra del Peñol 18000 COP (5,15 €)
Museu de Antioquia de Medellín 18000 COP (5,15 €)
Entrada no parque Tayrona, estadia por 1 noite (incluindo seguro) 58500 COP (16,7 €)
Museu do Ouro em Bogotá 4000 COP (1,15 €)
Autocarro Bogotá – Arménia 69000 COP (19,7 €)
Autocarro Salento – Medellín 49000 COP (14,0 €)
Autocarro Cartagena – Santa Marta 44000 COP (12,5 €)
Autocarro Bogotá – Villa de Leyva 27000 COP (7,70 €)
Viagem de metro em Medellín 2550 COP (0,73 €)
Taxi Aeroporto – Cartagena  11000 COP (3,15 €)

Alojamento

O alojamento na Colômbia consegue ser barato, mesmo não baixando o nível de qualidade. A rondar entre os 5 € e os 7 € por pessoa num quarto duplo por noite, não se pode dizer que seja mau. Uma vertente muito utilizada, especialmente nas zonas mais rurais do país, são a opção de dormir numa tenda de campismo no quintal do hostel. Posso dizer que experimentámos e adorámos! 

Nota: os preços apresentados são por quarto duplo por noite.

Hostel Cidade Preço/noite Notas
Hostal Baluarte De La Candelaria Bogotá 11 € Hostel simpático no centro do bairro histórico da Candelaria. Os quartos são muito pequenos (tem espaço para a cama e pouco mais) e a cama não era o mais confortável de sempre. No entanto a dona do hostel era muito simpática e foi sempre super prestável quando precisávamos de alguma coisa.
Casa Quinta Hostel Bogotá 15 € Hostel também no bairro histórico da Candelária. Staff super simpático, condições muito boas (apenas de notar a fraca insonorização das paredes, fazendo com que nos quartos se ouvisse tudo o que se passava na sala comum ao lado. Pequeno almoço divinal (café, sumo de fruta feito na hora, ovos mexido, fruta da época). Recomendo!
La Churrita Hostel Salento 15 € Hostel fantástico em Salento! Na periferia da vila, sossegado, muito tranquilo. Dormimos em tendas com camas de casal lá dentro, no meio de uma plantação de café no quintal do hostel, foi fantástico! Grupo de três raparigas donas do hostel muito prestáveis e cheias de dicas sobre como e o que visitar na região. Há gatos e um cão grande à solta! Muito bom!
Art City Hostel Medellín 11 € Hostel numa zona tranquila da cidade (El Poblado, só tem vivendas), a 10 minutos a pé do metro. Limpo e asseado, staff simpático. Quarto grande, bom A.C., pequeno almoço simples (cereais e café) mas excelente para dar forças para o dia.
Cartagena Friends Hostel Cartagena das Índias 15 € Hostel a evitar. Apesar de à primeira vista parecer bom, quem lá está a tomar conta do dito não quer saber do hóspedes (às vezes roçaram a má educação). Cereja no topo do bolo: a cama estava cheia de bed bugs (que infelizmente só descobrimos no dia seguinte de manhã).
Mango Bed and Breakfast Santa Marta 11 € Hostel que mais parece um AirBnB com os donos a lá viverem. Apesar disso não deixou de ser uma experiência gira. Cama confortável, com o único senão de não ter A.C. e o calor que se fazia sentir à noite era tremendo. Conseguimos deixar as nossas malas lá de um dia para o outro enquanto fomos pernoitar ao parque Tayrona (não tivemos problemas).
Hostal Everest Villa de Leyva 15 € Hostel simples fora do centro da vila. Instalações recentes e bem cuidadas. Staff simpático que ainda nos arranjou um motorista que nos levasse ao El Infiernito.
Camping Arrecifes Parque Nacional Tayrona 16 € Tenda de duas pessoas no parque de Campismo de Arrecifes dentro do Parque Nacional Tayrona. Excelentes condições do camping, com boas casas de banho e bom restaurante para jantar.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *